(11) 5504-9155 | (61) 3030-3333 | (81) 2122-3029​

2022: o momento de investir em cibersegurança

Investir em cibersegurança da sua empresa é primordial, principalmente em 2022. Os dados ultrapassando o valor de mercado das companhias e a diversidade de ataques digitais que são mais complexos e sofisticados, exigem que os sistemas corporativos sejam monitorados e bloqueados, minimizando as ameaças.  

O que reforça a posição de: em 2022 é preciso investir em segurança digital 

De fato, esta também é a percepção das empresas, que devem estar mais preparadas para enfrentar os crimes cibernéticos, com abordagens mais abrangentes, mitigação de riscos e estratégias defensivas para alertar, imediatamente, quando houver uma ameaça.  

A expectativa é que crackers concentrem os ataques em servidores e serviços mais expostos. Sistemas de Internet das Coisas (IoT), cadeias de suprimentos globais e funções de DevOps também estarão entre os principais alvos.  

Nomenclaturas como “ransomware”, “phishing”, “malware” e “engenharia social” foram muito comentadas nos últimos anos, não apenas no universo da TI. Se cada um deles trouxe consigo uma percepção de segurança digital, hoje, acompanhamos o crescimento dos ataques de DNS, no qual um invasor viola o sistema de nomes de um domínio e cria um site idêntico ao original, com o objetivo de roubar dados dos visitantes. 

Assim, esses crimes vêm ganhando notoriedade mundial e, de acordo com pesquisas, 72% das organizações sofreram uma tentativa de ataque de DNS em 2021. 

Entre outras tendências digitais esperadas para este ano, é possível dizer que haverá um aumento na magnitude dos ataques, com novos objetivos e impactos mais graves das ações comandadas pelos ciberatacantes.  

Agência de Cibersegurança da Catalunha (ACC) afirma que os setores de economia e estabilidade social devem redobrar a atenção para o que está por vir de forma planejada, visto que os ataques contra infraestruturas críticas (água, eletricidade e demais serviços necessários para toda a sociedade) aumentaram 300% em 2021. O setor educacional também foi uma das principais vítimas, com um crescimento registrado de 200%. 

A relação entre a continuidade do trabalho remoto e a segurança 

Além das áreas mais visadas pelos ciberatacantes, o trabalho remoto adicionou uma camada extra de exigência de monitoramento dos sistemas corporativos.  

As soluções de proteção foram potencializadas, como maior proteção de perímetro, ferramentas de segurança para nuvem e sistemas de antivírus, para evitar que as brechas fossem exploradas pelos agentes mal-intencionados.  

Como essa modalidade seguirá permanente para muitas corporações, conter as ameaças provenientes de ameaças aos colaboradores é ordem primária e deve estar contemplada tanto no orçamento quanto no planejamento de infraestrutura de segurança.  

Investir em cibersegurança é crucial! 

Embora o Brasil ocupe a quinta posição quando o assunto é vulnerabilidade cibernética, é inegável que estratégias defensivas vêm sendo planejadas no país.  

Cerca de 83% das organizações pretendem investir mais em cibersegurança ao longo do ano. A pesquisa ‘Global Digital Trust Insights Survey 2022’, da PwC, aponta que 45% das empresas nacionais esperam aumento de 10% na proteção de dados. 

É necessário atualizar as camadas tecnológicas e escolher ferramentas de segurança da informação que correspondam aos protocolos de proteção potencializados pela LGPD. Isso vale para todas as áreas que utilizam tecnologia. 

Segundo pesquisa da organização americana Ponemon Institute, desde 2010 o setor de saúde é o que demanda mais investimentos para descobrir um vazamento de dados, e, consequentemente, é um dos que mais sofre com perdas financeiras. Ao se pensar que a saúde e a medicina têm sido essenciais nos últimos meses, as consequências podem atingir muitas pessoas. 

Não há um modelo de cibersegurança “padrão”. Cada plano é definido de acordo com as características da organização. Os dados sensíveis são contemplados neste plano, juntamente com o conhecimento da infraestrutura e as vulnerabilidades, para que sejam indicadas as ferramentas e a equipe necessária para monitorar os ambientes e conter as ameaças.  

NetSafe Corp traz soluções de cibersegurança para preservar os dados de sua companhia, sendo o parceiro ideal para coordenar os investimentos na área de forma assertiva e segura.