(11) 5504-9155 | (61) 3030-3333 | (81) 2122-3029​

IA e cibersegurança: por que apostar nessa dupla?

*Por Waldo Gomes, diretor da NetSafe Corp  

A tecnologia avança em ritmo veloz em direção a digitalização de negócios em todos os segmentos. Isso significa que os dados são tidos como as peças mais importantes na rotina dos profissionais e das marcas, uma vez que o ambiente digital é feito e impulsionado pela informação.  

Para apoiar essa mudança, a Inteligência Artificial (IA) desponta como o recurso mais utilizado neste processo. Mesmo sendo um conceito antigo – os primeiros estudos e projetos foram iniciados nos anos 50 -, o seu desenvolvimento prático ainda está em estágio inicial em que caminha para o aprimoramento e a popularização em algumas áreas que demoraram para se digitalizar. 

Dispositivos como a Alexa, a assistente de voz da Amazon, desempenharam papéis importantes sobre a última questão. Por ela ter se tornado mais acessível, na América Latina por exemplo, a inteligência artificial já é uma tendência tanto entre as empresas quanto entre a população. Só em 2020, o uso da IA saltou de 32% (dados registrados em 2018) para 48%, de acordo com o Índice de Nível de Inovação e Crescimento IA. 

Enquanto o relatório “Estado das Estratégias de Aplicação 2021 – Edição América Latina” mostra o grande interesse por parte dos representantes das corporações. Ele evidencia que 2 entre 3 empresas no Brasil, México, Colômbia e Argentina já utilizam IA ou planejam adotar essa tecnologia até o fim de 2021.  

O que é realmente impressionante é tamanha transformação social que esse recurso pode trazer na sociedade. Além de criar um novo modo de relacionamento entre homem e máquina, também torna as informações ainda mais relevantes. 

Baseada nos dados, torna-se mais inteligente e perspicaz de acordo com a quantidade de informação que coleta. Porém, é necessário lembrar que o mundo digital é muito amplo e nem sempre as informações coletadas e armazenadas podem estar seguras.  

Porque investir em cibersegurança para a IA 

A Inteligência Artificial pode garantir mais segurança para os dados das empresas. Mesmo assim, simultaneamente, também pode ser sinônimo de novas ameaças. Por isso, ela precisa vir junto a um sistema de proteção cibernética.  

Por ser um mecanismo que está constantemente intermediando trocas e ganhando uma grande gama de informações, cibersegurança pode ser comprometida, culminando na danificação de todos os processos da empresa.  

Entretanto, apenas a tecnologia IA não é capaz de garantir a integridade da segurança dos dados. Por isso, é recomendado investir em uma estrutura de cibersegurança, com softwares específicos, para que a equipe de TI consiga identificar possíveis brechas e rastreie todas as informações. 

Isso porque as invasões podem implicar em perdas irreversíveis ou até mesmo em resultados gerados incorretamente.  

É importante garantir um sistema sólido, que concentre a infraestrutura, os processos e os recursos humanos das empresas. O presente já é digital e os dados, o seu maior valor.